São Rafael Notícias

A informação em tempo real – Sâo Rafael RN

Rio Grande do Norte

CPI da Covid pede indiciamento da governadora do RN

No último dia de debates sobre alterações no relatório de Francisco do PT na CPI da Covid do Rio Grande do Norte, os deputados indiciaram a governadora Fátima Bezerra.

O  presidente da CPI, Kelps Lima, afirmou ser “altamente improvável que a decisão de transferência de recursos (para o Consórcio Nordeste) fosse feito sem a autorização expressa da governadora Fátima Bezerra”. Em depoimento, o secretário de saúde do RN, Cipriano Maia, disse que a decisão da transferência foi exclusivamente dele, diante do prazo de 12 horas para o pagamento que foi dado.

A fala de Kelps é sobre os R$ 4,8 milhões pagos através do Consórcio Nordeste à empresa Hempcare na compra frustrada de respiradores durante a pandemia da covid.

Kelps Lima, Gustavo Carvalho e Getúlio Rêgo votaram pelo indiciamento da governadora, enquanto Francisco do PT e George Soares foram contra.

Houve pedido de indiciamento ainda para o governador da Bahia, que também é presidente do Consórcio Nordeste, Rui Costa, e para o ex-secretário da Casa Civil da Bahia, Bruno Dauster.

Na quarta-feira (15), a reunião da CPI na Assembleia Legislativa do RN já havia concluído entre os pedidos de indiciamento o secretário de Saúde do RN, Cipriano Maia, por contratos assinados durante a pandemia pela pasta, como compra de equipamentos e insumos e implantação de UTIs.

Votaram pelo indiciamento da governadora o presidente da CPI, Kelps Lima (Solidariedade), e os deputados Getúlio Rêgo (DEM) e Gustavo Carvalho (PSDB), que compõem a comissão – ao todo são cinco.

Em coletiva, representantes do governo do RN disseram que não foi constatado nenhuma ilegalidade e se disseram surpresos com o pedido. Os representantes ainda pontuaram que houve um uso político em detrimento de um conceito técnico na apuração da CPI

COMPARTILHE ESSA MATÉRIA COM ALGUÉM:
  • 19
  •  
  •  
  •  

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.