São Rafael Notícias

A informação em tempo real – Sâo Rafael RN

Esporte

Entenda a polêmica que cancelou a fase final dos JERNs e causou indignação em estudantes do RN

A Secretaria Estadual de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SEEC/RN) emitiu uma nota neste sábado (19) afirmando que a fase final dos JERNS, maior competição estudantil do RN, estava inviabilizada em razão de uma quebra de contrato com uma empresa especializada em hospedagem e alimentação.

Segundo o órgão do governo, com o objetivo de inaugurar uma nova fase no acolhimento dos participantes dos JERNs, a SEEC/RN firmou contrato com a tal empresa a fim de atender aos atletas e às equipes do interior do Estado no período de 21 de novembro a 03 de dezembro.

No entanto, faltando pouco mais de 72 horas para a abertura dos Jogos, a referida empresa comunicou a necessidade de um aumento de quase 240% em relação ao valor contratado. “O percentual extrapola os limites legais permitidos que é de até 25%”, disse a secretaria por meio de nota.

Pela importância dos JERNs, a equipe organizadora chegou a propor alternativas, incluindo a redução dos serviços para apenas hospedagem e até a redução do número de leitos, em caráter emergencial. O objetivo era o de assegurar a realização do evento conforme planejado. A empresa contratada, no entanto, se manteve irredutível, de acordo com a versão da secretaria estadual.

“A aceitação das alterações contratuais exigidas pela empresa redundaria em irregularidades administrativas incompatíveis com a postura de transparência, legalidade e responsabilidade com o dinheiro público adotadas pelo atual governo”, complementa a nota.

Diante do impasse, a Subsecretaria do Esporte e do Lazer da SEEC/RN teve que transformar a abertura Estadual dos JERNs em abertura da fase metropolitana dos jogos.

“A quebra do compromisso contratual, no formato apresentado, gerou em todos os envolvidos um sentimento de indignação. No entanto, no Esporte, nos acostumamos a lidar com a frustração e a tristeza das derrotas, usando-as para a construção de vitórias futuras. É esse o sentimento que cultivamos agora, enquanto deixamos para os órgãos competentes a devida reparação dos danos causados à comunidade escolar esportiva do Rio Grande do Norte”, finaliza a S

COMPARTILHE ESSA MATÉRIA COM ALGUÉM:
  • 16
  •  
  •  
  •  

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *