Paciente com Covid-19 morre em Ipanguaçu-RN após esperar mais de 24 horas por leito disponível no Estado

Paciente com Covid-19 morre em Ipanguaçu-RN após esperar mais de 24 horas por leito disponível no Estado

A equipe de plantão solicitou uma vaga para remoção da paciente, na qual recebeu a resposta através do sistema de regulação do estado que não havia nenhum leito disponível. Após a paciente ficar mais de 24 horas na lista de espera por um leito, veio a óbito.

Essa é a situação crítica para as cidades do interior do Rio Grande do Norte, mesmo com anuncio de implantação de novos leitos e com ocupação de 39,5% nas UTIs, RN e projetando abertura de 125 leitos novos leitos para coronavírus não há vagas para paciente dos interiores do Estado.

Um óbito por falta de vaga para internação de uma paciente da cidade Ipanguaçu-RN deixa preocupado, não só o município de Ipanguaçu, mas as outras cidades do interior do Rio Grande do Norte, pois já não tem recursos para lidar com casos graves da doença e o Estado não ampara nesses momentos de extrema importância de um leito de U.T.I.

O Prefeito Valderedo Bertoldo informou nas redes sociais que a equipe de Saúde do Município não conseguiu transferir a paciente por falta de uma vaga no Estado e teve que ficar aguardando o sistema de regulação disponibilizar essa vaga e infelizmente devido o estado crítico de saúde a paciente veio a óbito na manhã deste sábado (02).

Valderedo Bertoldo disse que está bastante comovido com a situação e com pesar confirma a segunda morte no município por Covid-19 e não pode fazer nada.

“Me solidarizo com os familiares e agradeço às equipes de plantão que fizeram tudo que estava ao alcance, mas infelizmente sem sucesso. Isso mostra que que a saúde do nosso estado está entrando em colapso, está faltando leitos, não temos para onde encaminhar, portanto, só nos resta pedir a toda população de Ipanguaçu: use máscaras, higienize as mãos e FIQUE EM CASA.”

No Brasil já registra 91 mil casos e 6.329 mortes pela doença. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (1º) pelo Ministério da Saúde.

A letalidade é de 6,9%.

Na quinta-feira (30), haviam sido registrados 85.380 infectados e 5.901 mortes. O aumento nesta sexta é de 6.209 e 428, respectivamente.

Casos por região

RegiãoNúmero de casosPorcentagem
Norte1185712,9%
Nordeste2637028,8%
Centro-Oeste28553,1%
Sudeste4513749,3%
Sul53705,9%

Dados: Ministério da Saúde

COMPARTILHE ESSA MATÉRIA COM ALGUÉM:
  •  
  •  
  •  
  •  

Jarlino Alves

Redator e Jornalista WhatsApp: 84 9 8730-7879

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *