São Rafael Notícias

A informação em tempo real – Sâo Rafael RN

Brasil

Tragédia em Petrópolis completa uma semana

A tragédia na  cidade serrana de Petrópolis, no Rio de Janeiro, completa hoje uma semana  e o total de mortos já chega a 182. Entre eles, 111 mulheres, 71 homens e 32 crianças ou adolescentes. Do total, 168 foram identificados e 152 encaminhados para os serviços funerários.

Tragédia em Petrópolis: número de mortos sobe para 146 e 191 seguem  desaparecidos
Mortos pela tragédia
Foto/TV Brasil

O Instituto Médico Legal também recebeu sete despojos, que são fragmentos de corpos, e até a manhã de hoje, 89 pessoas ainda constavam como desaparecidas. Para facilitar a identificação dos corpos, a Polícia Civil está coletando material genético das famílias que comunicaram desaparecimentos.

A Defesa Civil municipal continua percorrendo a cidade pra identificar e vistoriar as áreas afetadas e, até agora,  registrou mais de 1300 ocorrências, a maior parte delas deslizamentos.

Tragédia de Petrópolis completa uma semana; veja as fotos
Chuva provoca alagamentos e 20 pessoas ficam desalojadas em Petrópolis

O trabalho de limpeza das ruas foi intensificado essa semana e as equipes agora trabalham 24 horas por dia para devolver a mobilidade do município.

A tragédia também deixou mais de 850 desabrigados que estão sendo acolhidos em 13 em pontos de apoio, montados em escolas públicas e locais alternativos, criados pelas comunidades. De acordo com anúncio feito nesta segunda-feira, essas famílias vão receber o benefício do aluguel social, no valor mensal de R$ 1000, para que possam deixar os abrigos e retomar suas vidas.

Veja imagens dos estragos da chuva em Petrópolis, RJ - fotos em Serra,  Lagos e Norte do RJ - g1

As autoridades responsáveis pela conservação do patrimônio também estão vistoriando os bens culturais e locais tombados de Petrópolis, cidade  construída ao redor da fazenda de veraneio da família real brasileira. De acordo com o Instituto Estadual do Patrimônio Cultural, nenhum imóvel tombado veio abaixo, mas algumas casas com fachadas preservadas e pontos turísticos, como o Theatro Dom Pedro e o Cine Petrópolis, foram invadidos pela lama. Uma ponte histórica, próxima ao Palácio de Cristal, também teve o guarda corpo destruído e precisará ser restaurada.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *